Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > iffar panambi
Início do conteúdo da página

IFFar

Para quem acha que realizar um Trabalho de Conclusão de Curso, no último ano do Ensino Médio, é uma atividade desgastante e que gera poucos resultados, a egressa do curso Técnico em Química, Maísa Silveira, prova o contrário. Uma investigação dos principais métodos de análise utilizados pela área da criminalística na Química Forense se tornou capítulo de um livro.

Escrito em conjunto com as professoras Anna Maria Deobald e Aline Machado Zancanaro, o trabalho objetivou elucidar situações criminalísticas cinematográficas, contidas em séries e filmes televisivos criminalísticos, a partir de uma análise teórica baseada em artigos científicos. Com isso, desmistificou-se a ficção do cinema, expondo explicações coerentes ao utilizar-se saberes químicos na busca por respostas concretas, nessa curiosa área de atuação.

A pesquisa mostrou-se eficaz, pois demonstrou, de forma concisa e explicativa, as técnicas frequentemente utilizadas pela perícia criminal, instruindo telespectadores a obter uma visão mais fidedigna dessa ciência.

Quem desejar conhecer o texto na íntegra, é só acessar o link do livro:

www.atenaeditora.com.br/post-artigo/51603

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 24/06/21
  • 08h01

Na segunda, 21/096, o Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (NAPNE) promoveu o 1º momento de estudos do grupo.

A atividade contou com a participação da professora Fernanda de Camargo Machado, coordenadora de Ações Inclusivas do IFFar, e focou no estudo coletivo de normativas, leis e teorias que regem a prática de inclusão de pessoas com Necessidades Educacionais Específicas, reconhecendo as ações exitosas e o (re)pensar de outras. 

O NAPNE tem por função assessorar a gestão em questões que dizem respeito à acessibilidade arquitetônica e, ao corpo docente, em questões de ordem pedagógica.

O público de interesse são as pessoas que apresentam Necessidades Educacionais Específicas, incluindo as que necessitam de atendimento Educacional Especializado (Deficiências, Transtorno do Espectro do Autismo e Altas habilidades/Superdotação) e os Transtornos de Aprendizagem (Aspectos de aprendizagem específicos os quais o estudante possui dificuldades.

Para saber mais, é possível contatar os integrantes do Núcleo através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 23/06/21
  • 14h39

Na sexta-feira, 18/06, o Conselho Superior do Instituto Federal Farroupilha aprovou a criação do Curso Técnico em Informática, integrado ao Ensino Médio, com início da primeira turma de alunos no Campus Panambi previsto para 2022.

A criação do curso, em substituição ao Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, deve-se especialmente à carência de profissionais capacitados para operar com tecnologias de informação em âmbito regional. Como os empreendimentos estão automatizando os seus ramos de atividade para melhorar a produtividade e proporcionar mais qualidade na prestação de serviços aos clientes, são necessários profissionais aptos a instalar programas e equipamentos, configurar sistemas operacionais, elaborar e executar projetos e sistemas de redes, entre outros aspectos ligados à área de Tecnologia da Informação (TI).

Nesse sentido, a formação em Técnico em Informática está mais adequada às necessidades do “mercado” regional, com economia baseada na indústria, no comércio e na mecanização da área agrícola, além de ampla expansão do setor de serviços. Rosana Wagner, docente da área de informática e Coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet, afirma que “as organizações, seja por questões de competitividade, gerenciais ou de produtividade, estão cada vez mais adotando novos métodos de produção e gerenciamento, exigindo habilidades mais completas de seus colaboradores”.

O profissional Técnico em Informática, por estar habilitado a desenvolver softwares, elaborar e gerenciar base de dados, empreender e gerenciar pequenos negócios de TI, instalar e configurar redes de computadores locais de pequeno porte e prestar serviços de manutenção em software e hardware de computadores, atenderá plenamente a essas exigências. Ainda, após findar o curso técnico integrado ao ensino médio, o estudante poderá verticalizar seus estudos, realizando um Curso Superior, na mesma área, no IFFar – Campus Panambi.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 23/06/21
  • 14h07

Projeto de pesquisa executado por docente e estudantes do curso Técnico em Automação Industrial do IFFar – Campus Panambi cria um sistema que permite acionar, remotamente, dispositivos do meio industrial. Por meio da criação de uma placa eletrônica, o sistema permite realizar o sensoriamento de grandezas, como temperatura e pressão, além de ligar/desligar dispositivos como lâmpadas e motores, tudo de forma remota.

Em seu segundo ano de desenvolvimento, o projeto já tem como resultado a criação de uma plataforma/aplicativo (para PC e dispositivos móveis) para o controle à distância do Módulo Senso Remoto (MSR) e para a visualização das grandezas. Segundo Julian Cezar Giacomini, coordenador do projeto, “a placa eletrônica encontra-se em período de montagem e testes, enquanto que a plataforma/aplicação está finalizada”.

O projeto “Desenvolvimento de um Módulo Sensor Remoto (MSR) para Aplicações em Automação Industrial” é financiado pelo IFFar e conta com uma bolsa do CNPq, destinada a alunos do Curso Técnico em Automação Industrial. Atualmente João Vitor Luz atua como bolsista, em substituição a João Vitor Dahlke, egresso do curso, que iniciou o trabalho no projeto junto ao professor Giacomini.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 22/06/21
  • 10h45

Até o dia 30 de junho estão abertas as inscrições da Chamada Pública para concessão de Kits de alimentos adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE.

Podem se inscrever para receber os kits estudantes do IFFar – Campus Panambi, regularmente matriculado na Educação Básica (Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio, Técnico Subsequente e Curso Técnico Integrado ao Médio - Modalidade PROEJA) e também dos Cursos Superiores. Há um edital específico para cada categoria.

A presente ação visa contribuir com a política de segurança alimentar e nutricional dos estudantes, através da distribuição de Kits de alimentos, com o intuito de garantir o acesso à alimentação adequada dos alunos atendidos pelo PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), enquanto perdurar a pandemia de COVID-19 e conforme a disponibilidade orçamentária do Campus.

Interessados deverão se inscrever até dia 30 de junho, via preenchimento de formulário disponível nos editais e envio de documentação. Dúvidas podem ser encaminhadas para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Edital 107/2021 – Cadastro para estudantes de Cursos Técnicos

Todos os estudantes da educação básica que manifestarem interesse terão direito a receber o kit de alimentos. Os kits serão retirados diretamente no Campus, com data e horário agendados previamente pela Coordenação de Assistência Estudantil e publicados em Edital.

Edital 108/2021 – Cadastro para estudantes de Cursos Superiores

Todos os estudantes do Ensino Superior com renda per capita comprovada de até 1,5 salário mínimo que manifestarem interesse terão direito a receber o kit de alimentos. Os alunos que já estão devidamente inscritos nos auxílios da Assistência Estudantil em 2021 e, que encaminharam a documentação completa exigida para comprovação da renda ficam desobrigados de entregar os documentos comprobatórios.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 21/06/21
  • 09h31

A história de vida que narramos hoje traz o depoimento do egresso do Curso Técnico em Edificações, Jorge Mastella.

Em 2011, Mastella ingressou no curso já com a competência e certificação de pedreiro, com o CERTIFIC. Muito dedicado e conhecedor da prática da construção, foi incentivado pelos professores a seguir seu grande sonho, o de se tornar arquiteto.

“Iniciei meu curso de Técnico e Edificações em fevereiro de 2011 e concluí em julho de 2012. Nesse mesmo ano prestei vestibular na Unicruz para o curso de Arquitetura e Urbanismo. Fui incentivado pelos meus professores do IFFar, especialmente pela professora Fabiane Malheiros, que acompanhou anteriormente meu trabalho de construtor para obter a certificação do CERTIFIC. Em 2018 me formei Arquiteto e Urbanista pela Unicriz e hoje, além de projetar qualquer tipo de edificação, sigo trabalhando na construção civil, mais respaldado com o conhecimento adquirido nos cursos de formação”.

Para Mastella, estudar no IFFar, após 30 anos do término do Ensino Médio, foi uma grande oportunidade de recomeçar os estudos, apesar de grande intervalo. “Construí muitas amizades com os colegas e professores, realizei muitas visitas em obras, viajamos até Santa Catarina pra visitar a empresa Blocaus (Blumenau), conheci novas formas e materiais para a construções contemporâneas visando a sustentabilidade”.

O egresso considera que “Essa oportunidade de estudar e me formar Técnico em Edificações no IFFar abriu novos horizontes em minha vida. Antes eu era um simples pedreiro. Hoje sou um construtor e projetista, em um patamar profissional superior. O IFFar foi um divisor de águas em minha vida. Voltei a acreditar em mim e descobri que tudo é possível, basta ter um objetivo e procurar auxílio com as pessoas certas. Obrigado IFFar!”.

#OrgulhoIFFar #Egresso #EgressoIFFar #IFFarroupilha #IFFarPanambi #11anosIFFarPanambi

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 17/06/21
  • 10h17

A residência pedagógica é um dos programas institucionais desenvolvidos no IFFar e que visa incentivar a formação de docentes em nível superior para a educação básica, conduzindo o licenciando a exercitar, de forma ativa, a relação entre teoria e prática profissional docente. É uma atividade de formação realizada discentes regularmente matriculados em cursos de licenciatura e aplicada em escolas públicas de educação básica, denominadas escolas-campo.

No Campus Panambi, participam da Residência acadêmicos a partir do 5º semestre dos cursos de Licenciatura em Química e Licenciatura em Ciências Biológicas. Segundo a Coordenadora de Química, Anna Maria Deobald, “o trabalho é realizado em conjunto com as preceptoras, professoras das escolas e também com a docente orientadora do IFFar, Aline Machado Zancanaro, fortalecendo o papel das redes de ensino na formação de futuros professores".

No núcleo de Panambi são três as escolas parceiras: Paulo Freire, Pindorama e José de Anchieta. Os alunos residentes atendem turmas desde o 6º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio. Além da regência, os residentes também realizam diversas formações relacionadas ao ensino, conteúdos do Ensino Fundamental e Médio, Tecnologia de Informação e Comunicação (TICs), escrita de artigos, entre outras ações.

As formações e as aulas de regências atualmente estão sendo realizadas de forma remota, com o auxílio de plataformas como Google Meet e Google Classroom.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 15/06/21
  • 09h48

Três projetos de ensino estão com seleção abertas para monitores. Os projetos de Ensino têm período de execução de quatro a dez meses, e são caracterizados pela necessidade de ações sequenciais e temporalmente alternada de execução, como treinamentos esportivos, eventos culturais, grupos de estudo, capacitações, entre outros, como o desenvolvimento comprovado de, pelo menos, dezesseis horas mensais de atividades com o público-alvo os discentes dos cursos técnicos e de graduação.

Podem se inscrever às bolsas alunos de graduação ou de cursos técnicos. As inscrições são pelo preenchimento de formulário, disponível no Edital 103/2021, e vão até 22 de junho.

Os projetos a serem executados são:

Quando eu danço - aulas de dança (Coordenação Aline Machado Zancanaro)

MusIFFar (Coordenação Luiz Eduardo Silva Porto)

Oficina de desenho como experimentação artística na Pandemia (Coordenação Marli Simionato Possebon)

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 15/06/21
  • 08h40

Com recorde em produção da soja na safra 2020/2021, muitos produtores do grão optam por armazenar seu produto por um período de até um ano. Atualmente, a forma mais comum de armazenamento adotada pelos produtores do país é o armazenamento a granel e, para preservar a qualidade do grão adequada, é preciso que se observe tanto a umidade do grão no momento da colheita, quanto na armazenagem.

Partindo desse contexto, está em execução o projeto de pesquisa chamado "Avaliação e controle operacional no manejo tecnológico de perdas quantitativas e qualitativas no armazenamento de grãos de soja", conduzido pelo pesquisador do IFFar – Campus Panambi, Volnei Meneghetti, que também é Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Produção de Grãos.

Desenvolvido em parceria com a Stern Tech - Automação Industrial, Cotripal Agropecuária Cooperativa e outras instituições de ensino (UFSM, Unisinos) e pesquisa (Embrapa), o projeto objetiva testar a funcionalidade de sensores digitais de temperatura e umidade relativa intergranular e criar indicadores de conservação dos grãos correlacionados com a concentração de CO2 da massa de grãos de soja armazenado.

“O emprego do uso de novas tecnologias permitirá que o setor armazenista possa melhorar os resultados financeiros através de economia de energia, amenizar a quebra técnica e manter a qualidade do produto através da aeração eficiente dos grãos armazenados”, estima Meneghetti.

Dentre os resultados, espera-se aprimorar os sistemas de gerenciamento de aeração e monitoramento tecnológico no armazenamento, estabelecendo protocolos operacionais que permitam reduzir perdas quantitativas de qualidade, na pós-colheita dos grãos de soja, com reflexos diretos e indiretos em toda a cadeia produtiva, do produtor à indústria beneficiadora, com oferta de alimentos seguros para o mercado.

O projeto encontra-se no primeiro ano e está em fase de coleta de dados. Serão avaliados os grãos colhidos nas safras 20/21 e 21/22. A pesquisa é financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs), e conta com a participação do bolsista Tiago Hann, aluno do Curso Superior de Tecnologia em Produção de Grãos.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 11/06/21
  • 14h35

        Todos somos cidadãos e cidadãs desde o nascimento, porém nem todos possuem conhecimento pleno dos direitos e deveres no que diz respeito à cidadania. Pensando nisso, a acadêmica de Serviço Social da Uninter, Cleci Liani Bammesberger, com supervisão da Assistente Social Rogéria Madaloz, oferta a realização de um projeto de intervenção chamado “Projeto Cidadania”.

            Podem se inscrever estudantes dos Cursos Técnicos Integrados do IFFar – Campus Panambi. O curso possui 40h de duração, com encontros todas as terças e quintas-feiras, entre 15 de junho e 16 de julho, das 18h às 19h pelo Meet. São destinadas 20 vagas para o curso. Interessados/as em participar devem encaminhar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. até sexta, dia 11 de junho.

Sobre o Projeto Cidadania

Uma vez consolidados os aprendizados básicos sobre Direitos Humanos, Direitos Fundamentais e Sociais, a proposta pretende estimular o pensamento crítico, a autonomia, a colaboração e a disseminação destas habilidades para a formação de cidadãos e cidadãs que se tornem agentes transformadores de uma sociedade mais justa e com menos desigualdades.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 10/06/21
  • 10h37
Fim do conteúdo da página